digite sua opniao e sugestoes

aberto a opnioes o blog e de vcs

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Entrevista com a Ex-Rbd Anahi Giovanna Portillo



Anahí Giovanna Portillo 

Em uma entrevisata ao que nos foi dada Anahi respode a varias perguntas..
Soube que sua vinda ao Brasil foi o oitavo assunto mais comentado do Twitter [com a tag #AnahiEstaChegando] mundial na semana passada?
Anahí - Sim, eu adoro o Twitter! É ótimo poder estar em contato com os fãs e com os amigos em qualquer lugar do mundo e o tempo todo, principalmente para alguém que viaja muito como eu.
Qual a expectativa para essa turnê?
É sempre uma experiência especial vir ao Brasil. Da última vez [agosto de 2009], fizemos apenas um "show case" para poucos fãs e falei com alguns veículos de rádio e TV. Desta vez, viemos com o show que é o mesmo que apresentamos no México, nos EUA e na Europa, com bailarinos, banda e tudo o que os fãs têm direito. Fizemos muita divulgação do meu novo single "Alergico", gravamos um dueto e vamos fazer esses shows que serão incríveis. Estou muito feliz!
Como lida quando seu trabalho é comparado com o que fazia na época do grupo?
É normal que as pessoas comparem, mas são trabalhos bem diferentes. No RBD eram seis integrantes que estavam atrelados a uma série de TV. No meu trabalho, posso fazer as coisas mais do meu jeito, e a música acaba sendo um reflexo disso. É mais pop e um pouco mais sexy. Essa é a minha cara! Mas adoro tudo o que fiz com o RBD.
Acha que consegue, sozinha, alcançar o mesmo sucesso que fez com o RBD, que vendeu 12 milhões de cópias e fez 350 shows em quase cinco anos de grupo?
É difícil, mas não fico pensando nisso. Para mim, o importante é fazer música e shows pelo mundo, que as pessoas gostem do meu trabalho, e que a minha música e as minhas mensagens toquem cada vez mais pessoas. O sucesso é apenas consequência de um trabalho feito com amor e dedicação. Isso meu trabalho tem de sobra.
Em uma entrevista em 2009, você afirmou que o ex-RBD de quem era mais próxima era o Christopher. Continuam próximos? E como é seu relacionamento com os outros ex-integrantes do RBD?
Dou-me bem com todos os ex-integrantes do RBD. Temos agendas muito cheias e diferentes, não conseguimos nos encontrar tanto quanto queríamos. Mas estou sempre em contato com todos eles, seja por Twitter, email ou telefone. De todos os ex-integrantes, vejo com mais frequência o Cristopher, o Christian e a Maite.
Você compôs canções do álbum "Mi Delírio". Foi difícil? Quais foram suas inspirações?
Minhas inspirações vêm das coisas que acontecem comigo no dia a dia e podem chegar a qualquer momento. Às vezes estou no banho e penso numa melodia ou numa letra, ou podemos estar numa sessão de gravações no estúdio e aí vem a ideia, ou até numa viagem, num hotel. Não existe regra para ter a inspiração, é tudo muito espontâneo. Além disso, tenho parceiros incríveis e muito talentosos, isso também ajuda muito.
Ouve música brasileira?
Eu adoro música brasileira! Quando venho para cá volto cheia de CDs e DVDs. Gosto de funk, samba, rock, adoro a música de vocês, que é muito dançante e cheia de paixão. Adoro dançar e a música brasileira tem um ritmo único.
Tem planos de gravar algo em português?
Gravei um dueto do meu novo single em português com um artista incrível que é o Renne, do Hevo84. Quando ouvi as baladas com piano da banda percebi que tinha tudo a ver cantar essa música em dueto com ele. Também estamos começando a produzir um DVD, que deve ser lançado no ano que vem e terá imagens de vários shows que farei pelo mundo, a começar pelo show do dia 10, em São Paulo.
Como foi viver a adolescência como uma pessoa famosa?
Meu primeiro trabalho na TV foi quando era ainda muito nova. Era uma criança e já fazia muitos trabalhos como atriz, propagandas. Mas, quando não estou trabalhando, sou uma pessoa normal como todas as outras, gosto de passar muito tempo com a minha família e com os meus amigos, gosto de ver filmes, ler livros do Paulo Coelho etc.
Quais seus planos para o futuro?
Seguir com a turnê e conquistar cada vez mais fãs em todas as partes do mundo. Quero mandar um beijo para todos os meus fãs e todas as pessoas que gostam do meu trabalho, e dizer que é um prazer estar no Brasil. Os fãs daqui são os mais quentes do mundo. Quero voltar para o Brasil sempre que possível!

Nenhum comentário:

Postar um comentário